A Velocidade Furiosa de Star Trek Beyond

7574744

Vejo muita gente a chorar este novo trailer do próximo Star Trek. É a música dos Beastie Boys? O ritmo desenfreado da ação? A falta de “peso dramático”? A mistura de comédia de situação com os one-liners retirados de um qualquer filme do Edgar Wright? Tudo isso junto?

Razões à parte, a internet falou, e a internet não está contente. Essa identidade volátil e disforme decidiu colocar o ban hammer em cima de Justin Lin & co. por “estragarem” a essência do franchise espacial. Estavam à espera de quê, um Star Wars? Não é como se a personalidade dessa saga já tivesse sido sugada até ao tutano por um bilionário excêntrico. Ou foi?

Bah. Claro que se notam as influências de Guardians of the Galaxy (2014) no tom recém-adquirido de Star Trek Beyond, mas de certa forma é uma evolução da brocomedy que J.J. cultivou desde 2009 – convenhamos, há quem reze muito por um beijinho entre o Kirk e o Spock depois de todo seu romance mal-disfarçado nos dois filmes anteriores. A ação sempre esteve lá, a comédia sempre esteve lá, e de exploração pouco tivemos, ou de temas pesados e sérios – Into Darkness é uma confusão tonal cujo nome se arrasta pelo lodaçal eletrónico como uma prequela da guerra estrelar mais famosa do cinema. E com razão.

Este trailer é divertido. Em Beyond, finalmente atiram a Enterprise para um planeta alienígena e dão um sentido de aventura a toda a empreitada. Querem saber porque é que os primeiros quinze minutos de Into Darkness são melhores que todo o filme? Porque são diferentes. São extraterrestres; literalmente. Beyond parece ser esses quinze minutos, embora esticados para duas horas, com o flair cinético e repleto de adrenalina de Justin Lin, realizador dos melhores Velocidade Furiosa – se é que isso serve de elogio (para mim serve).

Enfim. Curtam lá a Sabotage, dêem graças por em 2016 termos mais do que um épico espacial de ficção-científica marada (estou a olhar para ti, Star Wars: Rogue One), e deixem os queixumes à porta porque ninguém quer saber.

Ah, e tentem encontrar o Idris Elba, porque ele está algures por ali.

2 responses to “A Velocidade Furiosa de Star Trek Beyond

  1. Eu devo ser dos poucos que gostou do trailer, ri-me e diverti-me com aqueles 2/3 minutos, ah e adoro Beastie Boys!
    Aproveito para desejar um natal daqueles vindo de outra galáxia de espetacular!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s