10 Séries para o Outono 2015

A TVI diverte-se todos os anos com aquelas notícias de depressão pós-férias e do presente danado das famílias portuguesas, alimentando o desespero ao nos lembrar da vida madrasta que levamos. Mas Setembro também nos traz regalias! A HBO e a TVCine fundiram-se numa amálgama de novas ofertas que incluem séries como Game of Thrones e True Detective, a AMC Portugal começa a adensar o seu catálogo de programas e em Outubro teremos a Netflix à distância de um clique!

Mas nada disso bate a alegria pura do começo da temporada televisiva de Outono. Novas personagens, novos mundos, novas histórias: aqui deixamos as nossas recomendações de programas dos mais variados géneros, desde a ação medieval à comédia de terror, passando pela animação sitcom e pela ficção superheróica.

Escolham uma série, ou duas, falem-nos da vossa favorita nos comentários, e divirtam-se também!

1. The Bastard Executioner – 15 de Setembro

76878989

Passada no século XIV, The Bastard Executioner é a nova aposta violenta de Kurt Sutter, o criador dos aclamados Sons of Anarchy. Desta feita na Idade Média, a série parece continuar a exploração da masculinidade que tanto define os trabalhos de Sutter, com muito sexo e sangue à mistura.

É a opção ideal para aqueles com um buraco por preencher deixado pela ausência de Game of Thrones, à procura da sua dose de guerreiros medievais. Ah, e tem o Ed Sheeran no seu debut como ator. O que é que pode correr mal?

2. Scream Queens – 22 de Setembro

87978856755

Uma série de homicídios num campus universitário parece ter alguma ligação com um incidente que lá aconteceu 20 anos atrás. Esta é a premissa de Scream Queens, a nova série da FOX e dos criadores de American Horror Story. Como esta, trata-se de uma antologia, isto é, apresentando um novo elenco de personagens e uma nova história a cada temporada.

No entanto, ao contrário de AHSScream Queens brinca com a rotina dos filmes de terror, subvertendo a seriedade numa farsa humorística de sangue, tripas e gore exacerbado. Atrizes como Jamie Lee Curties, Abigail Breslin, Lea Michele e Emma Roberts dão vida às personagens principais, aumentando de imediato o potencial de culto de Scream Queens.

3. Heroes Reborn – 24 de Setembro

67657474574

Muitos de vocês ainda se lembram de Heroes (2006-2010), a série televisiva que deu o pontapé de saída à febre por superheróis ‘sérios’ e ‘realísticos’. Heroes apresentou-nos a um conjunto de personagens coloridas e interessantes, enroladas num intrigante mistério que entretanto desapareceu em prol de viagens ao futuro e parolices sem cabimento que deitaram por terra uma das premissas mais interessantes da última década.

Ora, Heroes Reborn compromete-se a corrigir as falhas do seu antecessor, num soft-reboot que não requer o conhecimento das 4 temporadas anteriores, ao mesmo tempo que acompanha a história de antigas personagens. Será que o que clicou com as audiências há 9 anos atrás terá o mesmo impacto agora?

4. Bob’s Burgers – 27 de Setembro

5346534634

Os Simpsons é tão anos ’90. A família Belcher é a nova sensação da comédia familiar, remodelando as situações clássicas que passadas séries de animação nos apresentaram para algo mais moderno, ainda que surpreendentemente diferente.

Para além do elenco esquizofrénico de personagens, alguns episódios ousam sequências psicadélicas e apartes abstratos, que os distinguem imediatamente de qualquer outra série no ar. Bob’s Burgers encontra o surreal no mundano, o fantástico no ordinário. Excelente para começar um dia animado.

5. The Flash – 6 de Outubro

56367437

Nenhuma outra série capturou melhor o espírito da banda-desenhada que a primeira temporada de The Flash. Com os seus visuais coloridos, o uso exagerado de enquadramentos repletos de personagens e efeitos especiais, até à galeria progressivamente maior de vilões, The Flash trouxe para o pequeno ecrã aquilo que durante décadas converteu rapazes e raparigas à religião dos quadradinhos.

A RTP terminou em Julho a emissão dos episódios mais recentes, pelo que esperemos que retome assim que novos forem lançados, ao invés de esperar por qualquer data arbitrária para os transmitir.

6. The Walking Dead – 11 de Outubro
7457484

Há quem diga que à terceira é de vez, mas no caso de The Walking Dead foi à quinta. A última temporada da série de zombies foi a mais sólida e coerente que esta já teve, a primeira a aproveitar o potencial das suas personagens enquanto simultaneamente aumentava a tensão, o gore, e o genuíno terror de lidar com os zombies em espaços tanto abertos como fechados.

Agora com Morgan no elenco principal, Alexandria à beira de uma guerra civil e um novo grupo de psicopatas inumanos, este sexto ano no mundo pós-apocalíptico de Rick Grimes promete ser ainda melhor que o último. Será que é desta que vemos o Negan na nossa televisão?

7. Fargo – 12 de Outubro

5346346346

2014 foi um ano incrível para as séries originais, e nenhuma me impressionou tanto quanto Fargo. Surpreendeu não por ser uma adaptação fiel à homónima obra-prima dos Irmãos Coen (ninguém queria isso), mas por se tornar num best-of genuíno daquilo que define os melhores filmes da dupla de cineastas, sem esquecer aquilo que constituí um bom enredo.

Como AHS e True DetectiveFargo é uma antologia, e esta segunda temporada funciona praticamente como uma prequela da que lhe antecedeu. Como tal, embora não seja necessária para a sua visualização, não podemos deixar de a recomendar. O elenco, por si só, é capaz de vender as sardinhas todas: Kirsten Dunst, Patrick Wilson, Ted Danson, Jean Smart, Nick Offerman, entre outros, protagonizam a maré de polícias e vilões de Fargo, uma autêntica gema do humor macabro.

8. Ash vs. Evil Dead – 31 de Outubro

64574733

Ash fucking Williams está de volta. Para os que não viram a trilogia de filmes original realizada pelo maestro Sam Raimi, por favor, corrijam esse crasso erro. Evil Dead é a jóia-mor da comédia de terror, uma mash-up hilariante do gore desabrido dos anos ’80 (antes do sangue em CGI estragar a magia dos efeitos práticos) com pura comédia slapstick, graças ao inigualável Bruce Campbell.

Vinte e três anos depois, Campbell está de volta em Ash vs. Evil Dead para abrir ao meio os miolos de mais uns mortos-vivos, nesta série nojenta e sangrenta em igual medida. Não percam este carrossel de diversão série-B repleta de humor-meta e cabeças rolantes; é o must deste Outono.

9. Into the Badlands – 15 de Novembro

23456

Pouco se sabe acerca desta nova série do canal americano AMC (que também vai ter estreia cá, algures em Novembro). Mas o trailer lançado na Comic-Con inspira confiança, e só o facto de termos algo baseado no cinema de artes marciais no pequeno ecrã é o suficiente para captar a nossa atenção.

Colorida e com uma cinematografia digna dos mais largos televisores possíveis, Into the Badlands traz o puro e duro da ação de Hong Kong para a TV, misturando wuxia com aventura e misticismo asiático.

10. The 100 – 30 de Novembro

5434534643

Oh, The 100. Mais adulto que os teus contrapartes pós-apocalípticos “sérios”, mais diverso e progressivo que outras tentativas aparvalhadas de suposto feminismo, mas ao mesmo tempo estupidamente adolescente, irritante, e descaradamente hormonal. Porque é que, mesmo assim, continuas a ser tão, mas tão, bom?

A melhor forma de descrever esta série é como uma espécie de Game of Thrones apocalíptico, embora mais de ficção científica comparativamente às tendências fantásticas do colosso medieval de George R. R. Martin. Inesperadamente complexo e entusiasmante, a terceira temporada de The 100 é uma excelente opção para quem procura um elenco variado, ou uma exploração profunda e devastadora dos efeitos da guerra no Homem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s